Vocare Experience – O Movimento não vai parar!

O Vocare Experience surgiu como uma estratégia do Movimento VOCARE de alcançar regiões distantes, do Evento Nacional, e construir diálogos e desafios acerca do papel da Juventude a Vocação inserida naquilo que Deus está fazendo no Mundo. No segundo ano consecutivo, O Vocare Experience Norte 2017 teria doze horas de programação, localizada no Campus da Palavra da Vida Norte em Benevides (região metropolitana da capital paraense) com Pregações, Banda, Pequenos Grupos e muito mais!

Antes de falar da Programação, preciso localizar você.

Nosso espaço era bem centralizado: na Capela, aconteceriam os principais movimentos da noite: com Preleções; com ConnecTEDs, e com a presença da Banda Tanlan, direto do Rio Grande do Sul, que trouxe um som de muita qualidade pra agitar a noite com letras que desafiam a nossa reflexão acerca da vida cristã.

No espaço onde fica Cantina, rolou o Espaço Connect com Estandes de 19 Agências Missionárias que lançaram aos participantes desafios e oportunidades que poderiam conectar aquela Juventude a se engajarem: projetos de curto prazo, viagens, cursos, treinamentos, enfim. No Complexo de Salas, tivemos o nosso Check-in com todo suporte necessário para receber bem os nossos inscritos e para a Vivência Missionária, o Campus inteiro estava disponível. “Tinha muita coisa para rolar!”

Feita a Abertura Oficial e o momento de Louvor, André Dickson (missionário da Missão Atletas em Ação e membro da Equipe Executiva do Movimento Vocare) trouxe o primeiro ConnecTED da noite, mostrando o Esporte como um ponto de conexão entre vidas. Aprendemos que para conectarmos pessoas a Jesus, antes é preciso que nos conectemos a elas e para isso, é preciso aprender a viver uma palavra essencial para esse processo: Relacionamentos.

Logo em seguida, Thiago Tomé, pastor da Igreja Presbiteriana do Planalto no Distrito Federal,  trouxe a Palavra, e olhando para o Evangelho de João, trouxe a reflexão para a galera sobre como nós precisamos aprender a fazer missão nos moldes da encarnação de Cristo. No segundo ConnecTed, Felipe Maciel (missionário da Missão Mais e também membro da Equipe Executiva do Movimento Vocare) veio para falar sobre a realidade dos irmãos refugiados e peregrinos que estão sofrendo no Mundo, às vezes, tão esquecida pelo cristão.

Com a primeira parte do Programa concluída, nossos Estandes e o Espaço Connect bombaram. Era o tempo de conhecer e entender os desafios e oportunidades que as Agências Missionárias estavam oferecendo para poder participar e se engajar naquilo que Deus está fazendo no Mundo. E, claro, deixar a resposta em um dos nossos murais: qual é a sua Vocação?

Era quase meia noite que a música começou com a Banda Tanlan. Foi um show sensacional! Com uma simplicidade nas canções, a Banda trouxe o exemplo de uma galera que entendeu a sua Vocação e usa a arte para revelar os valores da graça, da beleza e da Justiça de Cristo.  Intercalando com eles, Márcio Schmidel, missionário da WEC/Brasil e atuante em diversos projetos missionários ligados à realidade indígena no Brasil, trouxe a segunda pregação da Noite. Seu desafio em Atos trouxe para os participantes um confronto à nossa posição diante da realidade do Mundo. Ele nos trouxe para mais perto dos povos, e como deve ser a nossa postura diante disso. Foi realmente desafiador! A Tanlan, logo em seguida, finaliza o seu show de uma forma incrível com direito a fogos e muito mais.

 

Por volta de 2h, começam os Pequenos Grupos, com muita pizza e Coca gelada, onde os participantes se dividiram pra compartilhar, ouvir e interagir sobre tudo o que estava acontecendo em suas vidas e como aquela madrugada estava contribuindo. De fato, um dos pontos altos da noite.

Logo em seguida, começou a Vivência Missionária. Imagine você: entrar na pele de um refugiado e conhecer um pouco do que é ser forçado a sair da sua própria terra, da sua própria família pela sua própria segurança; visitar uma comunidade quilombola não alcançada para pregar o amor e a graça de Cristo sem ao menos ter preparo nenhum; precisar socorrer alguém seriamente ferido no meio da mata sem o auxílio de celular ou qualquer outro tipo de comunicação, esperando que pudesse conseguir salvá-lo; tentar evitar o suicídio de um surdo; visitar um povoado sertanejo e ser expulso por pessoas que não querem ouvir falar de cristãos; visitar um Pub e ver a influência do secularismo, pluralismo e a pós-modernidade na vida da Juventude do Século XXI; tentar atravessar um aeroporto com bíblias escondidas, em um país que vive a perseguição de evangélicos; e outras mais. Isso é a Vivência Missionária. É sentir na pele, ver o desafio, ter sensibilidade às vozes que ecoam da Missão de Deus.

Os alunos do Instituto Missionário Palavra da Vida organizaram 12 realidades missionárias no Brasil e no Mundo, divididos em quatro rotas: Norte, Sul, Leste e Oeste. Em grupos previamente separados, cada participante viveria a experiência de conhecer três dessas realidades missionárias e cumprir certas responsabilidades na interação, no evangelismo e no conhecimento de cada grupo.

Qual seria a sua reação?

Talvez você nunca tenha visto um Culto da Fogueira que aconteça ao amanhecer, mas esse foi o grand finale. Os participantes, então, após vivenciarem essas realidades, foram conduzidos para um espaço na beira da mata ao redor de uma grande fogueira onde uma proposta seria lançada: responder ao convite de Deus, a fazer parte da sua Missão.

 

Fábio Sampaio, vocalista da Banda Tanlan, conduziu um belo momento de louvor onde vi um dos valores do Vocare falarem bem alto naquela cena: na simplicidade, desprendimento. Um violão, um cajon e corações que engradeciam o nome de Jesus em uma só voz. E ali, Richard Oliveira, reitor do IMPV, abre as Escrituras e começa a fazer o desafio. Não podia terminar naquela madrugada, pois a Juventude do Norte pode fazer muito mais!

Nossa oração é que o Vocare Experience tenha sido um tempo de decisões e compromisso. Compromisso com o seu chamado cristão, entendendo a responsabilidade e o papel de um Cristão no Reino vivendo na Sociedade; Compromisso com a Missão de Deus, olhando para vidas, povos e nações que ainda estão perdidos como ovelhas que não tem pastor; e Decisões de pedir a Deus ser uma resposta para as necessidades no Mundo.

 


Texto por Amarildo Boff Júnior – 21 anos, Formação Avançada em Teologia e Missões Transculturais pelo Instituto Missionário Palavra da Vida e Graduando em Comunicação Social em Publicidade e Propaganda. Membro da Igreja Batista Nova Esperança, Estagiário do Palavra da Vida Norte e Coordenador de Pesquisas do Movimento Vocare.

TURN THE WORLD UPSIDE DOWN! O MOVIMENTO NÃO PÁRA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *